Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
23.2.09

Confirma-se. Hugh Jackman foi um óptimo mestre de cerimónias. O homem não é só giro, ele é engraçado, tem piada, canta e dança bem, muito bom.  A haver um Óscar para o apresentador, ele merecia-o. A abertuda da cerimónia não podeia ter começado melhor. A homemagem ao musical, com a participação de Beyoncé, foi outro momento alto. Em relação aos vencedores, ainda preciso ver muitos dos candidatos para poder opinar. Do que vi, Kate Winslet está muito bem no filme "O Leitor" e não acho que Penelope Cruz esteja assim tão brilhante e superior a outras nomeadas em "Vicky Cristina Barcelona". Nem sempre o filme mais nomeado é que leva mais estatuetas douradas e mais uma vez isso aconteceu com "O Estranho Caso de Benjamin Button" noemado em 13 categorias e vencedor apenas em três.

Este ano foi um ano multicultural e internacional: espanhóis, japoneses e os seus thank yous pronunciados com "s", e, claro, está, a India com a consagração de "Slumdog Millionaire" Ouvi hoje que este filme esteve quase a ir directo para video/dvd. Os responsáveis do filmes devem agora dar graças por tal não ter acontecido.

Para não pensarem que exagero em relação ao Sr. Jackman, fica o video da abertura.

 

Nota: Por razões que desconheço, o video desapareceu do post. Mas no Youtube podem ver como o senhor esteve bem.

 

sinto-me:
link do postPor costela de adão, às 18:52  para dizerem algo

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

16
19
20
21

22
24
25
27


arquivos
links
A Passear no Paraíso