Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
7.5.09

É frequente ver o Eduardo Madeira representar mulheres nos sketches d'Os Contemporâneos. No aspecto vocal costuma interpretá-las sempre com uma voz que se poderia considerar uma caricatura já que se situa muito próximo do esganiçado. Poderia, mas não pode. Estava hoje numa repartição de Finanças quando comecei a ouvir o Eduardo Madeira, ou melhor, uma senhora com a voz dele. Ou melhor, a voz feminina que ele usa. Olhem, o que é certo é que a imitação não tem nada de exagerado, porque eu, por momentos até duvidei se a senhora não seria o Madeira travestido!

 

                                             

sinto-me: senti-me duvidosa
link do postPor costela de adão, às 22:42  para dizerem algo

De Marafadinha a 8 de Maio de 2009 às 08:07
LOL!

Talvez fosse...

De costela de adão a 8 de Maio de 2009 às 12:00
Mas olha que até ter visto a senhora sem óculos fiquei com uma desconfiançazita...até o cabelo era estranho, podia ser uma peruca. Mas acho que era apenas natural(mente) esquisito.

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
15
16

17
20
23

24
25
26
28
29
30

31


arquivos
links
A Passear no Paraíso