Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
23.4.10

Não sei se estou errada, mas acho que desde a anterior passagem do Nuno Markl pela Rádio Comercial com "O Homem que Mórdeu o Cão" que não havia um fenómeno radiofónico. Eu acho que a Caderneta de Cromos é um fenómeno, sim, acho. Porque muitos dos que o ouvem cresceram nos anos 80 e identificam-se, se não com tudo, com a maior parte das coisas que ele nos traz à memória; porque andamos todos um bocado saudosistas em relação a essa época em que o mau gosto na roupa e penteados abundava; porque os ouvintes contribuem para o programa, com ideias, sugestões e textos; porque está em primeiro lugar no itunes e tem uma catrefada de amigos e admiradores no facebook e fora dele (que é onde eu me encontro); porque todos comentam ao chegar ao trabalho o cromo da manhã (eu só oiço o primeiro, infelizmente) e porque o Markl escreve muito bem e consegue colocar o humor no sítio certo.

 

E finalmente, muito importante, porque me fez mudar da sempre favorita Antena 3 para a Comercial (ainda que só da parte da manhã no trajecto para o trabalho). E isto não é qualquer rubricazinha de humor que consegue.

 

                                      

 

 

sinto-me: croma
música: Genérico da Caderneta de Cromos by David Fonseca
link do postPor costela de adão, às 16:53  para dizerem algo

De bluebluesky a 25 de Abril de 2010 às 15:06
É sem dúvida um fenómeno. Reviver tantas coisas e ainda dar umas boas gargalhadas...gosto!

De costela de adão a 25 de Abril de 2010 às 20:46
Os anos 80 foram frutíferos em modas/produtos/situações dignas de serem recordadas com uma boa gargalhada. Obrigada pela visita, volta sempre

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
30


arquivos
links
A Passear no Paraíso