Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
2.5.10

E de repente, Portugal descobriu os cupcakes. Daqueles que vêm da América, cheios de creme que devem ser umas bombas de calorias, mas que são muito famosos e por isso toda a gente tem de os comer. Mesmo que não se goste, fica sempre bem dizer que se come. Eu confesso que apesar de ainda só os conhecer de vista fotográfica (aqui no bairro ainda não vi nenhum ao vivo) gosto do aspecto artístico, mas acho que basta a dose de 10 cm de creme amanteigado e cheio de corante para me deixar com pouca vontade de os comer. O custo dos ditos cujos também não é muito apelativo.

E já agora, porque é que é preciso chamar cupcake a uma coisa que se está mesmo a ver que é um queque?!

 

 

 

sinto-me: pouco gulosa
link do postPor costela de adão, às 21:01  para dizerem algo

De Marafadinha a 4 de Maio de 2010 às 10:44
Ora Costelinha, então a menina não vê que cupcake é mais chique e liga melhor com chá das 5??!
tsss

De costela de adão a 4 de Maio de 2010 às 22:02
Vê-se logo que não há ponta de chiquésse dentro de mim!

De S a 13 de Maio de 2010 às 22:58
eu acho-os tão perfeitinhos que até tenho medo se quer dos comer, lol, nunca exprimentei também um, nem vi à venda...

De costela de adão a 14 de Maio de 2010 às 19:42
Também só os conheço de foto, nunca vi nenhum por perto. Mas têm um ar algo artificial (apesar de artístico), quase parecem de brincar e não para comer a sério.

De S a 15 de Maio de 2010 às 23:47
parecem bolos decorativos, lol

De costela de adão a 17 de Maio de 2010 às 20:42
É mesmo, é do género daquelas frutas em loiça. Uma pessoa descuida-se e dá cabo dos dentes numa dentada, eh eh

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


arquivos
links
A Passear no Paraíso