Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
25.5.10

Mas cá para mim as músicas do festival da Eurovisão deviam ser cantadas na língua do país concorrente.

A menos que na Moldávia, Rússia e Estónia a língua mãe seja o inglês e eu esteja desinformada...(estes foram os 3 primeiros a pisar o palco).

 

 

sinto-me: velha do restelo? who cares?
link do postPor costela de adão, às 20:11  para dizerem algo

De ツ Sorriso a 26 de Maio de 2010 às 12:10
Concordo. E alguns países que fazem mesmo isso e talvez por esse motivo nunca tenham sido vencedores. Porque quem ouve não os percebe.
No entanto, os critérios das pessoas que votam não deve passar por aí... Digo eu.

Beijinhos

P.S. Tenho um mimo para ti no meu blog. ;)

De costela de adão a 26 de Maio de 2010 às 20:13
Tendo em conta que o inglês é uma língua universal e acessível a muitos, parece-me que quem canta na sua própria língua pode ficar em desvantagem. Se bem que se pode não perceber nada da letra de uma canção, e gostar da sua melodia...Mas acho que esta "globalização" não devia fazer parte da Eurovisão.

Obrigado, já vou espreitar.
Bjks

De S a 27 de Maio de 2010 às 12:38
concordo contigo...

De costela de adão a 1 de Junho de 2010 às 20:20
Obrigada

De Marafadinha a 27 de Maio de 2010 às 14:22
Epá, tiraste-me as palavras da boca. Ainda ontem comentava isso mesmo aqui no trabalho! Aliás, o festival devia ser um ponto de encontro de culturas diversas.
modernices...
*

De costela de adão a 1 de Junho de 2010 às 20:21
Modernices muito parvas. Eu não vi mas ganhou uma menina alemã, a cantar em inglês com uma pronúncia sofrível em partes (na minha opinião).

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


arquivos
links
A Passear no Paraíso