Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
29.1.12

No seguimento do post abaixo, o último filme de Woody Allen, Meia-Noite em Paris, mostra de forma ligeira e divertida, como somos uns eternos insatisfeitos, algo que remonta a séculos. A época em que vivemos tem sempre menos charme, menos interesse, menos para nos dar do que passados que não vivemos, mas com os quais sonhamos.

Além de ser um bom filme, com uma estória interessante (há que ter uma mente aberta) localizar a acção numa cidade tão bonita comoParis é um magnífico bombon.

 

 

 

 

 

sinto-me: oh la la
link do postPor costela de adão, às 19:41  para dizerem algo

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30
31


arquivos
links
A Passear no Paraíso