Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
6.4.12

Então agora, terem dito que o corte dos subsídios sería apenas por 2 anos e que os ditos voltariam a ser pagos em 2013, foi, segundo o Ministro das Finanças, um lapso. Como quem diz que devia ter posto um alho na sopa e enganou-se e pôs uma cebola. Nada de mais, só altera o sabor um bocadinho, mas com o resto dos legumes nem se sente e por isso não é preciso estarem já a fazer um grande alarido acerca do assunto. Melhor que isto, é constatar com jubilo que o Sr. Ministro sabe que "o ano 2015 é o ano imediatamente consecutivo a 2014". Uff, vá lá que não é o ano imediatamente anterior a 1957 ou coisa que o valha! Pelo menos não é preciso investir em calendários para este Ministério.

 

tags:
sinto-me: ora, 1 mais 1 = 3
link do postPor costela de adão, às 00:09  para dizerem algo

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Abril 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
links
A Passear no Paraíso