Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
1.6.10

(Já toda a gente comentou e eu não estou para ficar atrás)

 

Impressões da 1ª gala:

 

- Para quem já viu o programa americano, a versão made in Portugal parece não de outro campeonato, mas de outra galáxia.

- Eu até não desgosto do presidente dos jurados mas acho que ele e a outra senhora que sabem do assunto podiam ter criticado pela negativa, aquilo que era criticável em vez de se desfazerem em elogios mesmo quando a coisa não o pedia. Sabemos que a dança em Portugal não é uma arte das massas e talvez este programa sirva para dar um empurrão, talvez. Mas que seja possível falarem mal quando é para falar mal, desde que construtivamente, claro.

- Quanto ao Miguel Quintão, o senhor devia era voltar para a rádio, que é onde ele está bem até porque tem muito boa voz e eu gostava de o ouvir (na rádio) antes de o ouvir e ver (na tv), porque para aqueles comentários de taradolas babado já não há paciência. Não há ninguém que cale o homem? Tremendo erro de casting. E se estes programas são fiéis ao original, porque não é o 3º elemento do painel de jurados alguém ligado à dança? É que aquele homem não está lá a fazer nada. Em todas as opiniões que leio na blogosfera e conversas que vou tendo, a opinião acerca dele é unânime: tarado.

- Em relação às coreografias, gostei muito das contemporâneas e notou-se muito bem o desconhecimento do público português pelo género, dado que conseguiram ficar no top das menos votadas, quando houve coisas mais fraquinhas.

 

Aguardemos pelos próximos capítulos.

 

 

link do postPor costela de adão, às 20:08  o que se disse (7) para dizerem algo

4.5.10
Enquanto não chegamos ao espectáculo em si na edição made in Portugal aqui ficam mais umas coreografias  de encher o olho do So You Think Ou Can Dance.
 
esta, sobre uma obsessão com um rabo, fez-me rir
 
 
 
esta, sobre a luta de uma mulher com cancro da mama, fez-me chorar
 
 
 
esta, fez-me dizer UAU!!!
sinto-me: verde (tb quero dançar assim)
link do postPor costela de adão, às 23:11  para dizerem algo

29.4.10

Na semana passada terminou ja Fox Life a 5ª edição do "So You Think You Can Dance", programa americano de entretenimento que deu origem à versão a que assistimos na SIC.  E a versão é, para já, uma versão mais...mais....coisinha (com encolher de ombros e cara franzida à mistura). Felizmente tem por lá aprecido pessoas com talento, e que sabem do que é que o programa trata. Mas também têm parecido pessoas que o júri passa à fase seginte que acho que no original íam pelo menos à coreografia, se não ficassem mesmo pelo caminho. Mas isto também é só o começo e pode ser que depois o nível de exigencia aumente. Outra diferença é que enquanto no original os candidatos ficam muito contentes por passarem à coreografia, cá, quase tomam isso como uma ofensa...não percebo. Será que viram alguma coisa do que este program é e do que é exigido aos concorrentes? Depois, como sempre há aqueles que acham que dar uns passos de dança mais arrojados no night club local é sinónimo de saber dançar. Pois...não é!

E como, infelizmente, costuma acontecer por aqui com este género de programas, a falta de jeito para a função e a cromice aguda abre portas. O tal rapaz que dançou o estilo "baile" já anda nas capas de jornais e é convidado de programas de televisão. Quantas pessoas que andam a trabalhar e esforçar-se há anos por ver o seu mérito reconhecido e não são conhecidas por ninguém em lado algum. Soubessem eles o que sabem hoje, mais valia fazer pouco e mal, para que alguém lhes desse a atenção que merecem.

 

Deixo aqui duas das minhas coreografias favoritas da última edição do "So You Think You Can Dance".

 

 

 

sinto-me: bah!
link do postPor costela de adão, às 19:51  o que se disse (5) para dizerem algo


Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


arquivos
links
A Passear no Paraíso