Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
17.11.09

Hoje ouvi na rádio o anúncio da revista Lux. Com uma música de fundo e voz muito vibrante o senhor diz algo do género: "Esta semana na Lux, as últimas horas de Robert Enke!" A sério?! Pelo tom fresco e leve parecia que estava a anunciar a última colecção da Fátima Lopes ou o passeio à Disneyland Paris do Jorge Gabriel e suas crianças. Tudo se vende, tudo se compra, tudo se lê. Muito triste, Robert Enke, R.I.P.

 

sinto-me: de boca aberta e indignada
link do postPor costela de adão, às 21:06  o que se disse (4) para dizerem algo

15.10.09

Já muito se disse e escreveu sobre o vídeo inculto, arrogante e mal educado sobre Portugal e os portugueses protagonizado pela actriz brasileira Maitê Proença. Não querendo alongar-me muito sobre este assunto que tantos ânimos incendiou, gostava apenas de dizer que para fazer humor inteligente ( o que a senhora diz que aquele "trabalho" é) é preciso que se tenha graça e inteligência. Quando não se possui uma nem se parece ter outra - investigar sobre o que se vai falar para não dizer asneiras - é certo que não vai surtir o efeito pretendido. Juntando-lhe a má-educação, só tende a piorar. E quando o amigo da senhora, o jornalista/escritor/comentador Miguel Sousa Tavares, vem dizer que somos uns saloios sem humor, o que não falta são humoristas portugueses a gozar com as nossas "coisinhas" e a terem graça ao fazê-lo. Não sei em que terra cuspir numa fonte do Mosteiro dos Jerónimos tem piada. Talvez para um miúdo de 5 anos...que mesmo assim era capaz e levar uma palmada dos pais.

 

sinto-me: enojada
música: Bitch by Meredith Brooks
link do postPor costela de adão, às 21:55  o que se disse (4) para dizerem algo

10.8.09

Ora como toda a gente sabe, Agosto é o mês do regresso temporário de muitos emigrantes ao seu Portugal, país do seu coração e do qual têm tantas saudadinhas durante 11 meses do ano! É também o regresso ao país que deixaram vai para mais de 30 anos e que muitos acham que se encontra tal como o deixaram, chegando muitas vezes com ares de superioridade por viverem num país do primeiro mundo e não neste atraso de vida. Antes de continuar, quero desde já dizer que tenho muita família emigrante, espalhada por vários sítios, mas maioritariamente na Europa. Por isso também noto em alguns elementos da minha família essa mesma arrogância em relação ao país que os viu nascer e a mania que lá fora é que é bom. Pois se formos falar de alguns sistemas de saúde e educação, não tenho dúvidas de que sejam melhores; o que acho triste é o ar com que visitam o país como se nunca tivéssemos progredido e achando-se uma grande coisa por viverem no estrangeiro. Que eu saiba foram para lá trabalhar - e não foi  pouco - e não fazer férias, para juntarem uns tostões. O que noto por vezes é que o país avançou mas alguns emigras voltam anualmente exactamente iguais ao que eram quando daqui saíram em busca de melhores condições de vida, saloios e pouco educados. Desculpem, não são todos mas aqui também incluo alguns dos meus, por isso estou à vontade para escrever. Outra barbaridade prende-se com o não ensino da língua portuguesa aos filhos nascidos no país adoptivo, quer com casamentos made in Portugal ou mistos. É ridículo e sintoma de complexo de inferioridade e ignorância não quererem, por opção, ensinar português aos filhos.Tira-me do sério! Até porque, como é óbvio, a família terceiro-mundista não sabe falar francês por isso vá de usar linguagem gestual e uns sorrisos para resolver os problemas de comunicação que nem deviam existir de avós com netos e primos e tios. Mas eles é que sabem, melhor, n'est-ce pas?

 

sinto-me:
música: Voltei voltei, voltei de lá (Dino Meira)
link do postPor costela de adão, às 22:04  o que se disse (12) para dizerem algo

28.6.09

Eu quero mesmo alcançar o que respondi no Desafio proposto pela Sorriso (O que queres alcançar: A capacidade de atingir as calma e paz interiores que me permitam, entre outras coisas, não me chatear com a estupidez e mesquinhez alheias) mas a má educação de algumas pessoas - não só, mas aqui em concreto no atendimento aos clientes - deixa-me fora de mim. Eu quero, mas não deixam, pá!

 

sinto-me: furiosa (ontem estava,passou)
música: Stupid girl
link do postPor costela de adão, às 20:23  o que se disse (4) para dizerem algo

21.5.09

Passo-me com a ignorância das pessoas no trânsito. Passou-se hoje num cruzamento bastante movimentado aqui da minha cidade onde, com excepção de uma rua, se aplica a regra da direita. Na altura, os carros vindos da direita eram mais que as mães e eu, sem hipótese alguma de tentar passar. Começo a ouvir um som estilo corneta - não é exagero, aquilo soava mesmo esquisito, parecia som de brinquedo - e quando olho pelo retrovisor era um jovem numa scooter a mandar vir. Apontei para o lado direito para ver se a criatura percebia o que se estava a passar, mas não devia ser muito inteligente, só chico-esperto! Mas é que se já foi mau ele estar a mandar vir sem razão, com uma buzina sem qualquer dignidade o melhor era mesmo ter ficado quietinho!

 

 

 

sinto-me:
música: Everybody hurts R.E.M. (por causa do vídeo)
link do postPor costela de adão, às 20:12  o que se disse (7) para dizerem algo

11.5.09

É bom gostarmos de nós - significa estarmos melhor preparados para gostar dos outros

É bom sabermos que gostam de nós - conforta-nos e não vale a pena dizer que não queremos nem nos interessa que gostem de nós.

É bom (re)conhecermos as nossas capacidades e valor - ajuda-nos a progredir

Há muita coisa boa em reconhecermos que valemos a pena.

E nada do acima escrito, ou seja, sermos bons, significa que devemos achar que o resto do mundo tem um neurónio, é burro, é pouco profissional e que na verdade o que faz a Terra girar em volta do Sol, somos nós. Quando sabemos o que valemos, não precisamos ser arrogantes. Pois não?  

 

                                         

sinto-me:
link do postPor costela de adão, às 20:17  o que se disse (5) para dizerem algo

3.4.09

Na consulta médica:

 

Costela de Adão - Continuo a tomar o medicamento x?

Doutora Taróloga - Sim. Entre outras coisas é anti-pirético e é possível que venha a ter febre.

CA - E caso a tosse persista, posso tomar o xarope y?

DT - Sim, pode. Mas não acredito que vá ter tosse.

 

A sra. deve achar possuír dotes de adivinha, mas talvez seja melhor não se meter por aí. Não tenho febre (nem desejo ter) mas devia procurá-la durante uma das minhas crises de cof cof e vá de cof cof para cima dela. Só para confirmar se aquilo não seria tosse.

 

sinto-me:
link do postPor costela de adão, às 10:13  o que se disse (3) para dizerem algo

1.4.09

Há dias a minha querida MC estava com a neura. Hoje, sou eu. Estou de molho, não sei porquê mas desconfio deste tempo instável que não se decide entre o Inverno e o Verão. E não, isto não é a Primavera! O tempo lá fora até convida a ficar por casa, mas doente não, que isso não tem graça nenhum! Como acordei cedo, tal como se fosse trabalhar, aproveitei para fazer uma mini limpeza à casa, ainda não eram 10 horas quando terminei (não foi à casa toda). E agora? Ver televisão? Nah, não me apetece. Olha, vou ali navegar um pouco na internet. Boa ideia! Sim, até seria, se ela funcionasse. Os senhores da empresa que diz que se está On com eles, não estão nada On comigo. Desde o início da semana que estou sem acesso à internet, parece que andam a fazer uns trabalhos na zona. Eles podem fazer os trabalhos que quiserem, mas se isso significa lixar-me os planos, então é melhor ficarem quietos mesmo! Dizem-me que o problema será resolvido hoje. Mas hoje é Dia das Mentiras!... Vou esperar. E agora vou aproveitar para pôr a leitura em dia, que é uma coisa que gosto muito de fazer. Para ler só dependo de mim para estar On. Ainda que hoje esteja OFF.

 

Nota: Afinal era verdade, já tenho internet (nota-se). Mas continuo de molho.

Nota 2: A TV, que era a única coisa que não tinha sido afectada pelos trabalhos em curso, está a falhar. Impossível ter tudo a funcionar em condições, não é senhores ON? ON my ass!

 

 

                                  

 

 

 

sinto-me:
link do postPor costela de adão, às 16:49  o que se disse (1) para dizerem algo


Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


arquivos
links
A Passear no Paraíso