Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
23.4.10

Não sei se estou errada, mas acho que desde a anterior passagem do Nuno Markl pela Rádio Comercial com "O Homem que Mórdeu o Cão" que não havia um fenómeno radiofónico. Eu acho que a Caderneta de Cromos é um fenómeno, sim, acho. Porque muitos dos que o ouvem cresceram nos anos 80 e identificam-se, se não com tudo, com a maior parte das coisas que ele nos traz à memória; porque andamos todos um bocado saudosistas em relação a essa época em que o mau gosto na roupa e penteados abundava; porque os ouvintes contribuem para o programa, com ideias, sugestões e textos; porque está em primeiro lugar no itunes e tem uma catrefada de amigos e admiradores no facebook e fora dele (que é onde eu me encontro); porque todos comentam ao chegar ao trabalho o cromo da manhã (eu só oiço o primeiro, infelizmente) e porque o Markl escreve muito bem e consegue colocar o humor no sítio certo.

 

E finalmente, muito importante, porque me fez mudar da sempre favorita Antena 3 para a Comercial (ainda que só da parte da manhã no trajecto para o trabalho). E isto não é qualquer rubricazinha de humor que consegue.

 

                                      

 

 

sinto-me: croma
música: Genérico da Caderneta de Cromos by David Fonseca
link do postPor costela de adão, às 16:53  o que se disse (2) para dizerem algo

16.12.09

Isto é muito bom.

 

 

música: Sobe Sobe Balão Sobe (Manuela Bravo)
link do postPor costela de adão, às 20:47  o que se disse (6) para dizerem algo

26.10.09

 

Então o Jel e o Falêncio foram presos por estarem demasiado próximos da tomada de posse do novo Governo? Pelos vistos, nem o facto de terem gritado "Nós votámos Sócrates!" lhes valeu de muito...

 

                               

link do postPor costela de adão, às 20:04  o que se disse (10) para dizerem algo

7.5.09

É frequente ver o Eduardo Madeira representar mulheres nos sketches d'Os Contemporâneos. No aspecto vocal costuma interpretá-las sempre com uma voz que se poderia considerar uma caricatura já que se situa muito próximo do esganiçado. Poderia, mas não pode. Estava hoje numa repartição de Finanças quando comecei a ouvir o Eduardo Madeira, ou melhor, uma senhora com a voz dele. Ou melhor, a voz feminina que ele usa. Olhem, o que é certo é que a imitação não tem nada de exagerado, porque eu, por momentos até duvidei se a senhora não seria o Madeira travestido!

 

                                             

sinto-me: senti-me duvidosa
link do postPor costela de adão, às 22:42  o que se disse (2) para dizerem algo

16.10.08

Vi pouco da primeira série quando era transmitida aos Domingos. A segunda temporada começou a ser transmitida às 5ªs feiras e tenho acompanhado um pouco mais. Gosto do humor, há um personagem regular do Nuno Lopes que é muito bom. Agora também tem entrevistas de rua para saber a opinião dos portugueses sobre diversos temas da actualidade. No programa de hoje um dos temas é o leite chinês e temos um compatriota a dizer algo como isto "nem gosto da comida. nem gosto muito deles, têm os olhos muito fechados." Hein?! Como diz que disse?

link do postPor costela de adão, às 22:50  para dizerem algo

9.9.08

A RTP tem um programa de entretenimento - emite ao Sábado e creio que está a repeti-lo durante a semana -  cujo título se encontra escrito acima. É um programa  com um conceito muito engraçado. Vive do improviso e conta semanalmente com a participação de quatro convidados das mais diversas áreas, incluindo actores. É engraçado ver como se desenrascam os convidados numa situação para a qual não têm guião (apenas reservado aos actores residentes do programa, que também vão improvisando de acordo com a réplica que lhes é dada). Alguns terão mais jeito do que outros mas na maioria das vezes o resultado é bastante cómico. Fica aqui um aperitivo.

 

 

 

link do postPor costela de adão, às 19:43  o que se disse (3) para dizerem algo


Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


arquivos
links
A Passear no Paraíso