Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
22.7.09

Em época de saldos aparecem pilhas de roupa nas lojas. Pilhas e modelos em que nunca pousáramos a vista antes. Porque não estavam lá. Será caso que os senhores das lojas nos querem enganar e vão buscar os monos e o refugo de estações passadas e querem que acreditemos que sempre ali estiveram durante toda a estação???!!! Independentemente de até encontrarmos alguma coisa de que gostemos, não gosto da tentativa de espertalhice que está associada a isto.

 

sinto-me:
música: Let's go to the mall (Robin de How I met your mother)
link do postPor costela de adão, às 22:29  o que se disse (15) para dizerem algo

17.7.09

Foi hoje divulgado e admitido que o Serviço Nacional de Sangue não aceita sangue de dadores homossexuais. Por causa do seu comportamento de risco. Claro, porque os heterossexuais são todos exemplos a seguir.  Não têm relações ocasionais e pontuais, não saltitam de uma conquista para outra, não procuram prestadoras de serviços de prostituição, nada! Além disso, não é suposto analisarem o sangue doado antes de o usarem? Então, qual é a grande questão? Não é discriminação, dizem eles...

 

sinto-me:
link do postPor costela de adão, às 15:27  o que se disse (18) para dizerem algo

Não tenho a mania das limpezas nem das arrumações mas sou incapaz de saír de casa sem fazer a cama. Em caso de atraso prefiro comer menos a deixar a cama por fazer.

 

tags: ,
sinto-me: arrumadinha
link do postPor costela de adão, às 15:17  o que se disse (11) para dizerem algo

13.7.09

Com a info que a Clumsy Girl me deu, pensei que o problema do blog aparecer com uma risca de cor e o restante a preto - dificultando bastante a leitura a quem utiliza o Firefox - seria do post desalinhado sobre os 7 pecados. Retirei-o mas apenas para constatar que ficou tudo na mesma. Daí que volte agora a colocá-lo. Pelo desculpa à Marafadinha e à Sorriso por ter ficado sem os comentários delas :-(

 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Este pessoal lembrou-se agora de se começar a desafiar e é um nunca mais acabar de propostas. Desta vez é a Marafadinha que me coloca perante os 7 pecados mortais para eu me confessar...hum...será isto uma boa ideia? Não sei não. De qualquer forma, aqui vai:

 

Gula

Um pouco gulosa, mas depende dos dias e dos apetites. Doces, salgados,

por aqui por favor!

 

Avareza 

Poupada mas não avarenta. É preciso saber gastar mas também poupar.

Tudo com conta, peso e medida. Um dos manos diz que "o guardo todo", a

mãe diz para não me exceder. Em que é que ficamos afinal?

 

Inveja

Normalmente é daquela boa, sem negatividade ou maus pensamentos.

É verdade, é sim.

 

Ira

Eu até sou uma pessoa calma mas há coisas que me tiram do sério com

mais rapidez do que outras. Má educação, falta de civismo, arrogância, o trânsito...ui...

 

Soberba

Não me identifico com este.

 

Luxúria

Alguma coisa contra?

 

Preguiça - Sabe tão bem preguiçar - sem abusar, claro! Estou à espera

do robot para cozinhar e tratar da roupa. É pedir muito? Não me parece!

 

 

E já está, não doeu nada! Isto garante o quê, o purgatório?

Agora as regras: as regras mandam que se envie o desafio a 7 pessoas

mas olhem, se quiserem responder, peguem nele e levem-no que é de

graça! Avarentos, cheguem-se à frente eh eh eh!

 

O alinhamento do post ficou marado, desculpem qualquer coisinha, tá?

 

link do postPor costela de adão, às 17:07  o que se disse (6) para dizerem algo

9.7.09

Ainda sou do tempo em que a vinda de um artista estrangeiro ao nosso Portugal era assim coisa digna de destaque. Nesta então pasmaceira no que a concertos diz respeito, não aparecia ninguém, pelo que quando vinha cá alguém era coisa de se abrir a boca de espanto. Actualmente dou por mim a abrir a boca de espanto com a quantidade de festivais e concertos que enchem as agendas, alguns a decorrer em simultâneo, ou demasiado perto uns dos outros (em data e em local). Actualmente são muitos os músicos e bandas que passam pelo nosso país; há cerca de uma década atrás tornaram-se obrigatórios os festivais Super Bock, Super Rock, Paredes de Coura e o Sudoeste. Vilar de Mouros teve um regresso , mas curto. Mas hoje em dia são muitos mais. Independentemente da qualidade dos cartazes - eu se pudesse, ía a muitos, ó se ía!  - acho que se peca por excesso. É mesmo caso para dizer "não há fome que não dê em fartura".

 

sinto-me:
música: Should i stay or should I go? (The Clash)
link do postPor costela de adão, às 19:57  o que se disse (14) para dizerem algo

7.7.09

Parece que só me dá para escrever de semana a semana. Não é planeado, simplesmente acontece. Vou tentar ser mais regular, mas não prometo nada.

 

tags:
música: Lazy (Suede)
link do postPor costela de adão, às 23:27  o que se disse (4) para dizerem algo

Gripe A. Estou preocupada com a escalada dos números que começam a subir a um ritnmo cada vez mais rápido. Penso nas medidas que irão ser  tomadas e se não será necessário começar a usar máscaras, luvas, toalhetes (à Adrian Monk, ele é que sabe) e sei lá mais o quê. Pois é, Gripe A, de Assustadora.

sinto-me: preocupada
link do postPor costela de adão, às 22:37  o que se disse (7) para dizerem algo

Tenho com a publicidade uma relação ambígua. Se por um lado, gosto de ver anúncios bem feitos, alguns parecem mini-filmes, por outro, não tenho pachorra para os longos compromissos comerciais que até nos fazem esquecer o que estamos a ver na tv.

 

Dentro dos anúncios cool, gosto muito do novo do Sapo. Ainda que não seja uma obra de arte, é bastante criativo. Leva-nos a pensar que é mais um anúncio de shampôo com amaciador, escova de cabelo e espelho reflector incorporados, e depois...não é nada disso. O pormenor do frasco no final está muito bom.

 

Regressou há dias o anúncio do roaming da Vodafone, ao som de Bob Marley. Já passou no ano passado, mas devem ter achado que não valia investir num novo - até porque estamos em crise e tudo - porque tinham uma coisa boa. E eu acho que têm razão. Cool e simpático.

 

Para finalizar, uma pequena obra de arte: o anúncio da Chanel com a eterna Amélie, a bonita Audrey Tatou. Lindo!

 

 

sinto-me: cativada
música: We're Jamming (Bob Marley)
link do postPor costela de adão, às 22:23  o que se disse (5) para dizerem algo

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
18

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
30
31


arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO