Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
5.2.10

E de Domingo em Domingo se chegou à recta final do Ídolos. Dos três concorrentes a vencedor passaram os dois que preferia. (dos 3, pois no conjunto gostava muito da Inês, embora tenha de admitir que não esteve tão bem nas galas como seria de esperar). O Carlos canta e dança bem, mas há qualquer coisa nele que às vezes é de tanto dramatismo que soa a falso, plástico (se é real, sorry). Dos 2 finalistas a Diana é claramente a minha preferida, a melhor voz, a mais versátil, a mais completa. Curioso que no início não era daquelas que me chamava a atenção mas à medida que as semanas passaram fui gostando cada vez mais das suas actuações. E a interpretação do "E Depois do Adeus" do Paulo de Carvalho até me arrepiou. Espero que ganhe, apesar das jovens adolescentes que torcem pelo Filipe.

 

 

 

 

sinto-me: cativada, crítica
música: Satisfaction dos Rolling Stones
link do postPor costela de adão, às 16:23  o que se disse (6) para dizerem algo

Porque é que há pessoas que por mais correcto que se seja com elas, sem lhes dar motivo para serem maldosas nem pensarem sempre o pior dos outros, mesmo assim só conseguem ver com maldade, inveja e uma completa insensatez a roçar a insanidade? Pessoas que apesar de serem duras como pedra conseguem ter pessoas que até simpatizam e algumas gostam delas, e mesmo assim não são capazes de tratar os outros da mesma forma? Porquê?!

 

sinto-me: irritada, incrédula, cansada
música: Bitch da Meredith Brooks (não eu, hein?)
link do postPor costela de adão, às 16:19  o que se disse (3) para dizerem algo

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
25

28


arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO