Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
16.4.10

Há algum tempo vi a peça "Vai-se Andando" com o José Pedro Gomes. A descrição de coisas que são tão típicas de nós, portugueses, está muito boa. Uma delas, a obsessão com o tempo, refere como deixamos de fazer programas e descombinamos coisas por causa da chuva. Bem que o meu Adão diz que nos países onde a chuva faz parte do cenário, se pensassem assim, ninguém ía a lado algum, mas as pessoas fazem a sua vida normal. Pois, e é verdade, acredito que sim, senão não punham o nariz fora de casa 9 meses por ano, a não ser para trabalhar. Eu admito, sou daquelas que, quando está de chuva, não me apetece saír, antes pegar numa manta e deixar-me de sofá a ver qualquer série ou a ler. Como sería viver em Inglaterra, França ou Luxemburgo?

 

link do postPor costela de adão, às 19:39  o que se disse (2) para dizerem algo

A quê? Ao maravilhoso Inverno com que fomos brindados. Jamais em tempo algum foi oleoso. Agora, com toda a chuva e humidade que anda por estes ares há meses, acho que se quisesse, podia fritar um ovinho nesta bela cabeleira.

 

link do postPor costela de adão, às 19:33  para dizerem algo

Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
30


arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO