Observações sobre tudo e sobre coisa nenhuma
1.8.11

Para mim, um dos programas mais originais e interessantes dos últimos tempos, que terá causado estranheza a muita gente que ainda estará hoje a pensar se aquilo é uma espécie de big brother ou uma patetice pegada, sem perceber o humor, a ironia e inteligência que ali abundam. Terminou ontem, com a vitória do Roberto Leal. Nunca tinha achado grande piada a este nosso artista, no entanto, acho que a sua passagem por este programa, a exposição, o fair-play demonstrados foram para mim mais reveladores da pessoa que é do que a sua música. É desta forma que hoje posso dizer que o Roberto é fixe.

   

 

             

link do postPor costela de adão, às 20:27  o que se disse (1) para dizerem algo


Pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


últimas
arquivos
links
A Passear no Paraíso